O sentido da vida

25/06/2023

REFLEXÕES:

Qual o sentido da vida? Por vezes pego meu EGO brigando com o SUPEREGO, numa luta desumana.

Controlar desejos parece ser missão para as divindades! Um caminho possível, seja gerenciar cada um deles. E, como fazer isso, se mal lembramos ao final do dia, o que fizemos em detalhes. Ao dormir, nos jogamos na cama, como soldados exaustos à batalha sem causa certa.

Será que o homem entendeu o sentido da vida? Isso é possível? 

Será que estamos adoecendo por crer ter um sentido além do viver o estado presente? Cada momento não percebido, desprezado, é despejado ao inconsciente e vagamos como cegos em florestas densas, nas noites frias. 

Dentre as inúmeras questões, busque a razão com a medida do coração. E, como saber se a intuição ou a emoção sentida, percebida foi o suficiente para a tomada de uma decisão? Como fontes subjetivas de saberes o advogado e juiz é você mesmo. Sabe-se que um olhar doente não é capaz de dar um diagnóstico. Segue entendendo que a vida é assim mesmo!

Nessa falta de interesse de meditar ao dia, sentirá a fome, sede, não é mesmo?  O sintoma possa ser derivado de uma fonte emocional, como luto ou de ordem vegetativa, possa revelar o diagnóstico:  insatisfação. A cura? Tratamento paliativo? Terá uma terapia segura se continuar à esconder os desejos silenciosos que agem na rota do inconsciente? Demanda investigação, caso contrário, seguirá como insaciável. 

O homem parece ser o próprio conceito da insatisfação.

O que seria mais significativo para vivermos mais plenos? Buscar referências de como sentimos a vida ou nomeamos o sentido da vida?
Estamos sempre prevendo a escassez? Temos tanto! Milhões de toneladas de alimentos são jogadas ao lixo!

O que estamos fazendo com a inteligência, tecnologia? A sociedade é o sinônimo da ansiedade. Já pensou por quê?

O que realmente nos afeta? A ideia da escassez ou abundância?
Buscamos o tesouro para saciar a fome?

Então, porque tantos doentes ao nível psicológico/psíquico, com indicadores de infelicidade não proporcional ao grau de riqueza material? Embora, não exclusivos para a análise, o homem em diferentes bolsões sociais estão adoecendo com a imagem espelhada de si mesma, adoecidos.

Então, qual o sentido da vida?


Diário de pensamentos by Adriana Helena Moreira