A escrita como catarse

.
Sem perceber distanciava de seu lar, como se embargado pela nova experiência. Magnifico sentir-se vivo, antes esquecido de si mesmo.

O impulso 

12/02/2024

Quando me coloquei a escrever, esta tarde, um impulso tomou conta de minhas mãos. Com movimentos desconhecidos, revelava o que encobria o inconsciente. Freud se tivesse aqui! Não resistiria a análise e o divã seria o hálito que me faltava ao acordar. Sem dúvida, transcorrer as linhas parecem letras vivas, coloridas ou em pigmentação. Se antes...

Aprendemos desde ao nascer e até antes disso que existe um movimento para morrer e renascer, como um caminho necessário para o desapego.

Bem, seguindo essa premissa, o homem persiste aos desafios com capacidade da releitura do seu movimento, buscando alternativa. Fazer ângulos mais precisos, mais leves, no ritmo de um ballet, parece ser uma escolha inteligente, segura. E, ao abrir espaços antes inexplorados imprime algo sobre o relógio biológico que avança ao longo dos tempos.

Qual o sentido da vida? Por vezes pego meu EGO brigando com o SUPEREGO, numa luta desumana.